Chemex: a arte de fazer o café preferido de James Bond

Partilhe este conteúdo

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

No romance From Russia, With Love, de 1957 – que dá origem ao segundo filme da saga 007 (lançado em 1963) –, Ian Fleming revela-nos a refeição favorita de James Bond: o pequeno-almoço. Ficamos ainda a saber que, sempre que estava em Londres, o espião não dispensava um ritual:

“Consistia num café muito forte, da De Bry, na New Oxford Street, preparado numa Chemex Americana. Bebia duas chávenas grandes, preto e sem açúcar.”

De facto, não é de estranhar que alguém com tanta classe como Bond elegesse uma cafeteira que é de tal forma elegante que hoje faz parte da coleção do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque.

O que é a cafeteira Chemex?

Em 1941, nos Estados Unidos, Peter Schlumbohm, um químico alemão apaixonado por café, sonhou com uma cafeteira simples e elegante, com aspeto de instrumento de laboratório. Desejava conseguir, através dela, o café perfeito, sem qualquer traço amargo.

Inspirado no estilo Bauhaus – em que a funcionalidade é palavra de ordem, sendo o princípio norteador para o design dos objetos – Schlumbohm criou um recipiente de vidro em forma de ampulheta, com o topo em formato de cone (onde se coloca o filtro) e um suporte ou alça de madeira com um cordão. Tendo em conta a sua expertise na área da química, os materiais da Chemex não foram deixados ao acaso:

  • O recipiente é feito em vidro borossilicato, por ser um material resistente ao calor e não poroso, não afetando o sabor do café;
  • Os filtros foram especialmente concebidos para uso nesta cafeteira, com um tipo de papel mais espesso, de forma a preservar o melhor sabor do café;
  • O suporte de madeira não só confere elegância ao objeto, como evita a queimadura das mãos, durante o manuseamento.

Assim, a Chemex é uma cafeteira que não precisa de lume nem eletricidade para preparação do café: usando o filtro certo, o café é obtido apenas pela passagem da água pelo café moído. Parece simples? Bom, talvez… mas há alguns truques para obter o café perfeito.

Os segredos para obter o melhor café

1. O café

O primeiro segredo para preparar o café preferido de Bond pode parecer óbvio, mas não é assim tanto: a escolha do café. Comprar café moído no supermercado não será uma boa opção, pois a moagem é muito fina e tornará o café muito amargo e forte. Assim, comprar o café em grão e moê-lo em casa é mesmo a melhor opção. Se usar cafés da espécie arábica (como estes), irá conseguir um café verdadeiramente aromático e saboroso!

2. A moagem

A moagem é, então, outro passo essencial: para preparar café na Chemex, a espessura do café deverá ser semelhante à de grãos de areia, isto é, uma moagem média a grossa. Desta forma, a água demorará o tempo certo a passar pelos grãos – 3 a 4 minutos – garantindo, assim, o melhor sabor para o seu café. Quanto mais fina for a moagem, mais amargo e forte será o café; quanto mais grossa, mais fraco e aguado ficará.

A altura de fazer a moagem também é fundamental: os grãos devem ser moídos, no máximo, 5 minutos antes de o café ser preparado.

3. A água

A quantidade e a temperatura da água também são essenciais para obter o máximo potencial do café. Quanto à temperatura, a água deve ser aquecida até ao máximo de 95.ºC (o ideal serão 93.ºC), isto é, o aquecimento deve ser interrompido antes de levantar fervura. Relativamente à quantidade, a proporção ideal será de 10 mililitros de água para 1 grama de café. Na verdade, o café obtido na Chemex adquire uma textura suave, mas a proporção entre a água e o café pode ser ajustada ao gosto de cada um, para obter um café mais ou menos forte.

4. O local de preparação

Na hora de preparar o seu café, a Chemex deve ser colocada num local firme e não muito frio, de forma a não provocar choques térmicos, quando a água quente deitada sobre o filtro alcançar o fundo da cafeteira.

Como preparar café na Chemex?

Agora que já sabe os segredos, é hora de preparar o seu café. Eis o passo-a-passo:

  1. Pese os grãos de café, de acordo com a capacidade da(s) chávena(s) que quer preparar (por exemplo, para preparar 50ml de café, usando a proporção 1:10, serão necessários 5 gramas de café), e moa-o.
  2. Aqueça a água. Deverá colocar a aquecer 200ml a mais em relação à quantidade de café que deseja preparar (no caso da chávena de 50ml, deverão ser aquecidos 250ml de água);
  3. Enquanto a água aquece, coloque o filtro dentro da Chemex, mantendo a parte que contém 3 folhas virada para o bico;
  4. Quando a água atingir 93.º, termine o aquecimento e deite 200ml sobre o filtro, de forma a humedecê-lo na sua totalidade;
  5. Despeje a água que ficou no fundo da cafeteira;
  6. Coloque o café moído no filtro e despeje lentamente a água sobre o café, em forma de espiral, até cobrir todo o pó;
  7. Deixe repousar durante 30 segundos e, passado esse tempo, deite o resto da água.

O seu café está agora pronto a servir! Para saborear todo o seu potencial em termos de aroma e sabor, aconselhamos a que deixe o café arrefecer um pouco. Agora que já sabe todos os segredos do café que Bond não dispensava em Londres, é hora de comprar os seus grãos e desfrutar do ritual.